18.3.16

Rio de 400 Janeiros - Trilha Sonora do Musical (1965)

Elenco ME-20

This soundtrack has been already presented on Loronix, so you may read Zeca's text about it re-printed on Órfãos do Loronix.

You may also read the linear notes, hand signed by someone with not quite legible handwriting.

Trilha Sonora do Musical de Carlos Machado, apresentado no Golden Room do Copacabana Palace - Rio de Janeiro

Direção Musical e Arranjos: Lindolfo Gaya

Côro de Delphino Filho

01. Bossa Nova:
      Garota de Ipanema (Tom Jobim / Vinicius de Moraes)
      The Blues Walk (Clifford Brown)
02. Maxixe (Lindolfo Gaya)
03. Samba do Avião (Tom Jobim)
04. Carmen Miranda:
      O Que É Que A Baiana Tem (Dorival Caymmi) Lindolfo Gaya / Marion
      Pra Você Gostar de Mim (Taí) (Joubert de Carvalho) Lindolfo Gaya / Marion
      Diz Que Tem (Haníbal Cruz / Vicente Paiva) Lindolfo Gaya / Marion
      Good Bye, Boy (Assis Valente) Lindolfo Gaya / Marion
05. Valsa Debret (Lindolfo Gaya)
06. Rio (Ary Barroso)
07. Praça do Século XVII (Lindolfo Gaya / Chianca de Garcia)
08. Escola de Samba
      Tiradentes (Mano Décio da Viola / Penteado / Estanislau Silva)
      Chica da Silva (Anescar do Salgueiro / Noel Rosa de Oliveira)
      Lá Vem Portela (Billy Blanco)
      Exaltação À Mangueira (Enéas Brites da Silva / Aloísio Augusto da Costa)
09. Polka (Lindolfo Gaya)
10. Calendário (Vicente Paiva / Chianca de Garcia)
11. Seresta Imperial (Lindolfo Gaya / Chianca de Garcia)  Fernando Lebeis
12. Cidade Maravilhosa (André Filho)

400 JANEIROS

Créditos: Pedro & 300discos  

THE SIGNATURE by Francisco Miranda:
Quanto à assinatura do texto da contracapa, dá pra ver que foi subscrita por Chianca de Garcia (autor de três da faixas); pesquisando a internet, encontramos que ele foi um dramaturgo, jornalista, autor e cineasta português do século XX, nascido em Lisboa (1898) e falecido no Rio de Janeiro (1983).
Em Portugal, como jornalista fundou a revista ‘Imagem’ e publicou diversas crônicas históricas durante 20 anos em vários jornais portugueses.
Iniciou no teatro e no cinema, vindo depois a se radicar no Brasil em 1940.
Aqui foi responsável por roteiros cinematográficos e montagem de espetáculos no Cassino da Urca, do Rio de Janeiro.

No comments:

Post a Comment

Please send any RE-UPLOAD REQUESTS by mail to
parallelrealitiesmusic@gmail.com